quinta-feira, 29 de maio de 2008

Castelo de Rosenborg

O castelo de Rosenborg é um castelo de pequenas dimensões erguido em Copenhagem, capital da Dinamarca. Tire umas duas horas para dar um passeio até o Rosenborg , parque com amplas alamedas arborizadas, árvores seculares e um excelente banheiro público - algo nem sempre fácil de se localizar, e em certos momentos muuuito importante...heehehe Ao norte do parque você encontrará o portão que dá acesso ao Castelo de Rosenborg. Ele foi construído durante a renascença dinamarquesa, por ordem do rei Christian IV, e serviu como sua residência de verão. Hoje em dia o castelo funciona como museu, e estão em exposição diversos objetos da família real da Dinamarca, como as jóias da coroa, objetos pessoais, armas.. e outros itens de valor histórico inestimável. Além disso, uma visita aos seus 24 quartos permite apreciar pinturas representando todos os monarcas da história do país, desde Christian IV até Frederik VII. Para quem gosta de tirar fotos e filmar como eu, não se esqueça de levar 25 DKK, pois este é o valor que é cobrado para obter a licença.
Nando, o Leão e o Castelo.
Eu, o Leão e o Castelo.. não ficou tão boa quanto a foto do Nando, mas tá valendo..rsss



Calcinha na estação de Copenhagem

Dizem que uma mulher bem previnida vale por 10, mas olha a sacanagem aqui em copenhagem..
No banheiro femino do terminal central, tem praticamente um shopping de calcinhas..rss.. também não vamos exagerar, mas a pequena lojinha tinha calcinha " pra mais de metro", de todos os tipos, tamanhos, cores, tecidos.. fiquei surpresa..hehehehe
Um detalhe interessante, é que você entra na lojinha, vai pegando a calcinha que desejar e a tiazinha nem tchum..só na hora de ir embora é que você paga a calcinha. Como será que ela controla?



Frango em Copenhagem

Para quem gosta muuuito de frango, olha só o que encontramos na estação de Copenhagem.

terça-feira, 27 de maio de 2008

O museu de Malmo - Google Maps


Só para vocês sentirem um pouco o tamanho do castelo. Em vermelho, um dos pontos onde tiramos algumas fotos.


Na cidade de Malmo

Na cidade de Malmo... Museu de Malmo.. chegamos tão cedo, que ficamos só na frente para tirar fotos..

Nando.. fazendo pose forçada para a foto..

Parque próximo ao museu de Malmo..

sábado, 24 de maio de 2008

Dinamarcando muito, parte 1

Logo logo darei notícias sobre o passeio que resolvemos fazer pra Dinamarca. Ou melhor, foi tudo na correria e viemos parar em Copenhaguem.

Na sexta a noite saímos de Estocolmo e pegamos um trem da SJ (www.sj.se) para nos levar até Malmo, que é uma pequena cidade no sul da Suécia. Pegamos um compartimento no trem com camas para dormir, o que permitiu descansar durante a viagem, mas em compensação não deu para ver a paisagem. Mas era um passeio noturno - saímos 23:08 de Estocolmo para chegarmos as 7:00 de sabado em Malmo.

Malmo é uma pequena cidade, e lá existe um pequeno castelo que terei a oportunidade de mostrar para vocês nas próximas postagens. Depois de uma boa volta pelo castelo, resolvemos encarar o passeio para Copenhaguem, na Dinamarca. E aí foi bem interessante.

Na estação de trem basta comprar uma passagem e entrar no trem. A passagem custa 95 SEK (ou mais ou menos R$ 27). A viagem leva no total 30 minutos e há uma ponte que liga a Suécia com a Dinamarca.

Copenhaghen é uma cidade bastante interessante. O material turístico é farto, e tem realmente muita coisa para fazer. Como chegamos na Dinamarca cerca de uma da tarde, o tempo já estava curto mas mesmo assim conseguimos visitar o Parque Botânico, a entrada de um castelo e uma torre ligada a uma igreja que ao invés de escadas, sobe em espiral. Tem muita coisa para se fazer na cidade e vale com certeza uma visita.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Feriado aqui? Esquece

Enquanto que aí no Brasil eu sei que há um feriado prolongado, aqui a turma trabalha normalmente. O que acontece: a maior parte da população sueca segue uma religião que foi criada pelo rei séculos atrás. Seria uma religião protestante sueca. Decorre principalmente do fato de que o rei daqui queria casar com uma mulher e os padres católicos não autorizavam o casamento. Em certos pontos, há uma forte ligação portanto entre o Estado e a Religião, mas por outro lado há pouca participação dos fiéis em eventos religiosos.

Placas de trânsito e Brasil

Continuamos o nosso tour pelas ruas de Estocolmo. Como todo bom pedestre, sempre tentamos seguir corretamente as placas de trânsito. E aqui existem algumas placas realmente "indecifráveis". Essa primeira realmente é bem interessante: um carro se jogando em alto mar. Deve ser muito filme....

Mas se querem exemplos de placas indecifráveis, olhem as placas abaixo. Não tenho idéia do que isso significa. Existem muitas placas estranhas por aqui. Ouvi dizer inclusive que aqui você não pode parar a menos de 10 metros de uma faixa de pedestres. Mas em nenhum lugar há uma placa indicando isso. Resultado - muitos europeus ganham multas por aqui.

E como nós brasileiros somos os melhores motoristas do mundo, olhem só quem a gente encontrou por aqui. Ou melhor... Estava tendo uma pequena exposição numa praça da região central sobre os pilotos de Fórmula 1. E o Nelson Piquet estava lá :)



Interessante que o povo sueco gosta bastante de futebol. Então é fácil encontrar escolas com campos de futebol e ver meninas e meninos treinando. Sempre se encontra alguém com a camisa da seleção sueca também. Eu mesmo comprei um álbum de figurinhas completo (com todas as figurinhas) da Eurocopa 2008 para dar de presente para meu sobrinho. Mas o legal mesmo é que se acha fácil camisetas com o nome de Ronaldo. Essa semana mesmo eu folheei uma revista que trazia uma história da Turma da Mônica e do Ronaldinho Gaúcho. Tinha até a foto do Maurício de Souza. Mas estava tudo em sueco....

Bom, e pra finalizar, de quem será que essa estátua está fugindo?


Enganos em Estocolmo

Após o trabalho, fomos ao Vassamuseet em Estocolmo. Segundo os livretos que são entregues por aqui, o museu ficaria aberto até as 20 hs, mas não foi bem assim que aconteceu. Chegamos por volta das 18 hs e o museu já estava de portas fechadas desde as 17hs.. O Galdino ficou Puuuto da vida.. da um look na cara que ele fez. Visão aproximada da foto anterior.

Ainda em Gamla Stan

Este é apenas um dos váaaarios museus que há em Gamla Stan... Se você estiver pensando em vir a Estocolmo, não se esqueça de tirar um dia inteirinho para este bairro cheio de histórias.


E como há histórias.. esta da bicicleta eu não ouvi, mas fiquei a imaginar ... Por que uma "Linda" Bicicletinha estava ali, abandonada por seu dono com a roda e o pneu daquele jeito..

Já EU, pobre mortal, seguia a pé por mais um dia sem CONDUÇÃO pelas ruas de Estocolmo...

...Será que foi um tombo feio? Será que ele estava correndo atrás de sua amada e acabou caindo? ou será que ele apenas se atrasara para o trabalho e nesta pressa toda.. um burraco inesperado o fez largar a pequena magrelinha ao léu .. sem lenço e sem documento?

O que você acha que foi? Escreva no nosso blog, faça já o seu comentário.


Uma loja para Graziella



Estava eu no centro da pequena Gamla Stan e o que vejo?

Uma loja só de roupas brancas.. O que me lembrou muito minha irmã Graziella - A ENFERMEIRA!

Gra, pode vir tranquila pra cá que há lojas com o seu perfil profissional..rssss

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Dia lindo em Estocolmo

Hoje fez um solzinho gostoso aqui em Estocolmo.. Destino de hoje>>

Linda Gamla Stan.. cheia de ruas estreitas, repletas de histórias e muitos lugares para fotografias..

Para quem quer comer bem, vá até Gamla Stan, há muitos restaurantes com deliciosas refeições e ótimos preços.
Galdino próximo ao Palácio de Estocolmo...

Olha a pose deste menino.. Viram que ele está olhando para o lado? Adivinha.. era uma modelo Suéca >]





Di novo a modelo.. Poxa vida :)

terça-feira, 20 de maio de 2008

Isso vocês não podem perder..

Feirinha na Suécia com direito a briguinha em árabe e VJ Max Galdinus perdendo as calças e contando em sueco.






domingo, 18 de maio de 2008

Os podres....

Para quem pensa que aqui na Suécia ou na Europa nada de podre acontece, vejam só....

No primeiro dia que a Gaby chegou (ou seja, terça) ela resolveu sair do hotel, e se perdeu nos sinuosos caminhos do bairro vizinho. Por sorte, ela encontrou uma brasileira, que explicou o caminho de volta para o metrô. Quando ela estava chegando na estação, um jovem branco de olhos claros tentou assaltar uma senhora. Por sorte, foi abordado pela polícia antes mesmo de concretizar o ato criminoso.

Nesse mesmo dia, fomos a um shopping e na volta pegamos o metrô. O que aconteceu????? De repente, um segurança do metrô nos aborda e pede nossa passagem. Mostramos. Na verdade, eram quatro seguranças pedindo para ver a passagem de todos os passageiros, menos de um. Quando todo mundo mostrou a passagem, os quatro seguranças fizeram uma rodinha em volta de um cara que estava encostado na porta do trem. Esse cara não tinha pago a passagem. Chegaram a bater na mão dele porque ele ficava falando ao celular e não respondia o que eles perguntavam. Na próxima parada, levaram esse rapaz - provavelmente para aplicar alguma multa. Quem anda no metrô sem pagar recebe uma multa de umas 800 coroas pelo que vi num dos folhetos.

Mas continuando esse dia, numa outra estação entrou um cara falando super alto em um celular. E por incrível que pareça ele falava em espanhol. E o que ele falava? Ele era um agenciador de prostitutas brasileiras.

E no domingo, viemos passear no centro da cidade e pra variar fomos ao MacDonalds. Nisso, enquanto estávamos ainda no caixa, uma mulher gritando alto aparece correndo de dentro da lanchonete. Tinham acabado de roubar a bolsa dela. Vários populares ficaram olhando para o ocorrido. Ela largou o bebê dela num carrinho próximo a fila, e tentou correr atrás do fascínora. E conseguiu!!!! Recuperou a bolsa e o ladrão acho que conseguiu fugir.

Resumão da semana

A Gaby chegou aqui em Estocolmo na segunda. Na terça fomos visitar um shopping em Kista (parece que se pronuncia Xiusta). O MAIOR shopping daqui é menor que o Iguatemi de Campinas!!!

Na quarta fomos passear no centro da cidade e jantamos no MacDonalds. Tem muito MacDonalds aqui em Estocolmo. Um em cada esquina :) E agora, já que a comida aqui da Suécia não é lá essas coisas, vou comer todo dia uma Caesar Salad do MacDonalds - saladinha perfeita para emagrecer e não morrer de fome por aqui :)

Na quinta cheguei super tarde lá no hotel. O pessoal da empresa quer fazer software de qualquer jeito e depois a gente que tem que consertar os erros deles.... mas isso é assunto para outra ocasião.

Na sexta fomos passear no centro da cidade, visitamos alguns supermercados e alguns pontos do centro da cidade. No sábado e domingo continuamos o passeio pelo centro da cidade. No domingo, emendamos uma pequena excursão de barco pelas pontes de Estocolmo - não recomendo, duas horas de um passeio cansativo :)

Passeio no parque

videoUma de nossas primeiras gravações aqui em Estocolmo. Agora sim, estamos com recursos mais profissionais. Depois que a Gaby chegou, a tecnologia veio para socorrer esse blog :).

Estávamos perto de uma das estações do metrô, tínhamos acabado de ir a um restaurante chinês (fui obrigado), e estava bastante frio. Por volta de uns quatro graus mais ou menos.

Gaby i Sverige


Hey, olha só quem está aqui na Suécia :)


Sim, ela mesma, a Gaby, já aprontando por aqui :)

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Sem Internet por três dias

Para quem acha que tudo funciona no primeiro mundo, primeiro a internet não funcionou bem por uma semana no hotel Attache.... e agora fiquei três dias sem internet no hotel porque o serviço oferecido pela Telia não estava funcionando.....

domingo, 11 de maio de 2008

Vejam a que horas o Sol nasce e se põe em Junho

http://www.timeanddate.com/worldclock/astronomy.html?n=239&month=6&year=2008&obj=sun&afl=-11&day=1

Remoção de carro quebrado




O mais interessante do Carnaval Sueco foi que ao final do desfile, que durou algo entre uma e duas horas, encotramos pelo caminho um carro quebrado. E um caminhão estava retirando esse carro - o cara do caminhão usava um controle remoto para fazer toda a operação.


Carnaval em Estocolmo


Ontem fomos almoçar no centro de Estocolmo, e o que encontramos? Era dia do Carnaval sueco, um desfile de carros com vários temas. De onde eu estava não dava para tirar fotos muito boas, mas segue abaixo uma pequena amostra desse carnaval :)



sábado, 10 de maio de 2008

No English version....

According the survey, there is no need for an english version of this page. If in the future someone asks me about an English version, I can think about it :)

sexta-feira, 9 de maio de 2008

IceCream java = new Magnum()

Olhem só o sorvete que achei aqui na Suécia. Dá para acreditar? :)

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Já sei contar...

nol, ett, tva, tre, fyra, fem, sex, sju, ätta, nio, tio
que são 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10

1 e 2 = ett och tva
3 e 4 = tre och fyra
5 e 7 = fem och sju

Tá bom, ainda não passei do dez :)

terça-feira, 6 de maio de 2008

Would you like an English version of this page?

A pesquisa está acabando, e pelos resultados atuais, o Não está ganhando. Poucos dias para os leitores terem a sua chance de ver essa página em inglês :)

The survey is almost finishing, and by the current results, the "NO" is winning. So, we have only a few days in order to allow english-readers seeing an English version of this page.

Hotel Attache



Famoso hotel Attache aqui em Estocolmo. É um bom hotel, mas depois de duas semanas, cansa :) E olha os problemas que tive:

  • camareiro que entra no quarto com o "Não Perturbe" colocado na porta
  • toalhas que quando eu me enxugava ia ficando azul
  • internet que não funciona
  • a lavanderia contratada pelo hotel grampeia as roupas

Colaborem com minha máquina fotográfica.

Como vocês devem ter visto, estou usando a câmera integrada ao meu Samsung i321N com 1.2 megapixels para tirar as fotos. Algumas ficam boas, outras não.... O meu Skypephone tem uma câmera integrada de 2 megapixels. Colaborem com o Galdino para comprar uma moderna máquina fotográfica e poder tirar fotos mais profissionais para esse singelo blog :)

Meu crachá

Para vocês terem uma idéia de meu crachá sueco :)

Vejam a foto do meu SkypePhone


Hoje eu coloquei um crédito de 150 kr nesse celular... por esse preço tenho direito a usar o Skype e o MSN pelo celular por um mês, custo zero nas ligações na mesma rede, custo zero em SMS e MMS... e se eu usa-lo como modem ligado ao notebook (ou se eu quiser surfar na internet pelo aparelho), custa 10 kr/MB (ou menos de R$ 3,00 por Megabyte - é caro, mas é pré-pago, quem quiser pode ter o plano ilimitado dele, com um modem que chega a 7.2 Mbips).

Ah, e dá para ver vídeos do YouTube nele!!!! Fica bem legal :)

domingo, 4 de maio de 2008

Comprei um SkypePhone e um SkypeIn

O Skypephone é um aparelho celular que permite basicamente ser usado como um celular normal ou como um Skype Client. Dessa forma, usuários conectados ao Skype podem conversar comigo através do celular ou do computador SEM custo, e eu posso ligar através do computador ou do celular para outros usuários Skype SEM custo (lógico que estando os usuários conectados ao serviço Skype), dependendo apenas do que eu tiver mais a mão no momento.

O Skypephone custa aqui na Suécia com o chip da operadora 595 SEK, que vai dar mais ou menos R$ 163,00. E funciona no sistema pré-pago. Tipo, usar o Skype por um mês inteiro custa se não me engano 49 SEK (mais ou menos R$ 14,00). E tenho um celular para usar sempre que for necessário :)

O SkypeIn é um número local em Campinas que eu comprei de tal modo que quem ligar nesse número vai ser atendido pelo Skype instalado em meu computador, e poderemos conversar SEM custo (a não ser quem ligar pra esse número, que pagará a tarifa local correspondente, como se ligasse para qualquer número em Campinas).

Quem quiser saber meus números de celular aqui na Suécia ou meu número do SkypeIn, só me perguntar.

Ai ai.... cinema....

Puxa, eu queria ver o filme do Homem de Ferro (Iron Man - 2008), mas o cinema daqui é tão caro.... custa 30 euros.... carissimo.....

Resumão da semana

Como a internet esteve em condições super precárias por alguns dias, não deu para falar dia a dia. Mas de qualquer forma, a semana foi bem curta por aqui. Trabalhei de segunda a quarta, na quinta foi feriado de primeiro de maio, na sexta foi emendado.

Durante a semana chegaram mais quatro brasileiros. Uma moça da mesma empresa em que trabalho, e mais três brasileiros. Na quinta eu passei novamente pelo centro da cidade. Na sexta fomos todos almoçar no Hard Rock Café e a noite fui lá no Burger King. No sábado o pessoal da outra empresa mudou de hotel, e ficamos no Attache, mas daí eu também preferi fazer a mudança.

E hoje, mudei de hotel :)

Não fiz muita coisa esses dias até porque a Gaby semana que vem estará por aqui, e daí fica mais fácil passearmos pela cidade :)

O hotel Attache

Esse foi o hotel que fiquei nas duas primeiras semanas aqui em Estocolmo. É um hotel categoria 3 estrelas (pelo que entendi, por uma classificação local). O Ibis em que estou também é 3 estrelas.

O hotel Attache fica perto dos metrôs Telefonplan e Aspuden, sendo que a Ericsson é perto da primeira. Na primeira semana, fiquei num quarto double, mas na segunda por indisponibilidade de vagas, precisei ir para um quarto single. O pessoal da recepção é bem atencioso, tentam se esforçar para nos ajudar quando precisamos. Nem sempre conseguem :), mas é um ponto positivo deles.

Para saberem mais: http://www.hotelattache.se/

Eles tinham um restaurante mas que funcionava em geral de segunda a quinta (na sexta nao tenho certeza). Mas funcionava até as 21:30 - no meu caso, a fome começava mesmo ali pelas 22:00. Eles deixavam o menu na recepção, e entregavam no quarto se quisesse.

O quarto era grande mas a cama nem tanto. Tinha um frigobar abastecido com coca cola, cerveja e água. E o banheiro do quarto single que fiquei era melhor que o banheiro do quarto double, por causa do box para tomar banho.

E dizem que tudo funciona na Europa....

hehehehe Pois é.... eu fiquei uns dias sem postar algumas coisas justamente porquê a Internet no hotel em que eu estava ficou três dias sem funcionar. Tive que mudar de hotel, não teve jeito. A má sorte foi que foi um feriado prolongado aqui na Suécia, e o suporte técnico responsável pela internet no hotel não resolveu o problema na sexta-feira, e falou que só iria resolver na segunda-feira. Pois é.... nessa história fiquei três dias sem internet, não consegui falar com muita gente do Brasil, não pude estudar, não pude pagar conta, enfim, não pude um monte de coisa :)

Mas agora, estou no hotel Ibis aqui em Estocolmo. Fiz a mudança hoje mesmo. Espero não ter problemas lá com a empresa :) E aqui oferecem uma conexão WiFi que custa 240 SEK ou R$ 72,00 para toda a semana, 24 horas por dia. O preço é meio salgado de fato. Mas para uma pessoa como eu que precisa bastante da internet, vou ter que pagar... ainda não achei por aqui um serviço que me desse acesso a internet em qualquer lugar sem precisar ter uma assinatura. Tem um que talvez até seja assim, que é o meu celular skypephone... vou me informar....

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Museus visitados até agora

Uma relação dos museus que visitei:



  • Palácio Real, no sabado, muito legal. Como indiquei anteriormente, mostra as diversas salas do palácio, onde alguns reis faziam suas audiências e davam suas festas. Vale a pena ir.
  • Museu de arquitetura, no domingo dia 27. Pouco interesse para mim, mas tem uma ou outra maquete interessante, fora um vídeo com criações ("estranhas") de outros artistas
  • Aquario, é interessante. Tem vários peixes, e tem um pedaço que você pode ver o aquário por cima ou mesmo um pouco mais internamente, através de uma abertura que eles fizeram.
  • Museu Biológico é um museu basicamente com animais empalhados. Tem uma pintura ilustrando um habitat dos animais, e eles são colocados de modo a compor o ambiente.
  • Museu Nórdico: é um museu bastante legal e gigantesco. Uma das coleções mais interessantes que achei foi a de máscaras: máscaras de festas, de presos, de heróis e cavaleiros, e até algumas mais recentes, como aquelas máscaras de quem entra num ambiente contaminado. Mas tem outras coisas, como roupas, talheres, calçados, brinquedos... Vale a pena uma visita
Esses foram os que fui até agora. Outros que pretendo ir assim que possível são o Museu ao ar livre em Arkansen e o Wasa Museu.

Um dia nos museus

No domingo, dia 27, eu visitei alguns museus, aproveitando que eu havia comprado o Stockholm Card.

O primeiro que eu fui foi o museu de Arquitetura. Haviam algumas maquetes interessantes, mas pelo menos para mim nada muito chamativo. Uma maquete legal que tinha lá era um prédio do IBM Forum que fizeram em Kista, aqui em Estocolmo, que indicava ser uma construção muito bem feita, muito bem planejada. Vou visitar esse prédio :)







Perto do museu de arquitetura uma referência a Lênin e a Revolução Russa em 1917.


E aqui o museu que contém vários aquários e peixes. É um museu bem legal, inspirado no ecossistema brasileiro ou amazônico.

Primeiro de maio, dia do trabalho

Fiquei uns dias sem postar. Na verdade, a conexão do hotel não chega a ser muito boa, com algumas quedas, e por outro lado, estava com preguiça de postar :)



Mas vamos lá. Vejamos o que fiz nos ultimos dias:



Domingo, dia 27: sai cedo de casa, e tentei ir nos museus da cidade. Visitei apenas alguns, usando o Stockholm card. Muitos dos museus abrem por volta das 11 da manhã e fecham as 16:00. Pelo menos alguns que vi, ou seja, os mais interessantes. Dai fiquei passeando um pouco pela cidade e voltei pro hotel. Almocei no Friday´s.



Segunda. dia 28: fui trabalhar. Comecei a explorar o SDS 4.0, que é uma IDE baseada em Eclipse para desenvolvimento de sistemas IMS... hummm, vamos deixar o trabalho de lado. Meu blog soandomuito.blogspot.com ainda terá detalhes sobre o assunto. Voltei pro hotel e depois fui jantar no Friday´s :) Sim, lá no centro da cidade.



Terça, dia 29: fiquei no hotel. Fiquei acessando internet, lendo emails, nada de mais.



Quarta, dia 30: depois do trabalho, fui pro hotel e fiquei descansando. No final da noite, fui no MacDonalds comer um lanche. Sai na chuva, a noite :)



Hoje, quinta, dia 1: Fui no centro. Basicamente passeei pelos menos lugares que já tinha andado. A única foto que tirei hoje é essa ai de baixo. Mas também passei perto do Museu Arkansen, que é um museu ao ar livre. Infelizmente, é pago, custa 100 kr, e então irei visitar esse museu em outra oportunidade. Também comprei um cartão mensal para o metrô. Ele custa 690 kr e te dá direito a usar o metrô quantas vezes quiser, pelo período de um mês.